Sanidade: Mapa determina abate sanitário de 1,6 mil bovinos em MS

Publicado em 27/10/2010 07:51
321 exibições
Rebanho foi flagrado consumindo ração de origem animal.
A Superintendência Federal da Agricultura apreendeu e vai sacrificar 1.599 bovinos a partir desta quarta feira, 27, em Três Lagoas, MS. O rebanho foi apreendido no fim de setembro, quando foram flagrados por fiscais agropecuários da Iagro, Agência Estadual de Defesa Sanitária e da Superintendência Federal da Agricultura consumindo ingredientes de origem animal. O pecuarista foi multado e os bois abatidos serão enviados às graxarias dos frigoríficos, onde poderão virar sabão ou óleo.

Os abates serão realizados em lotes de 300 a 400 animais, de acordo com a capacidade dos frigoríficos do Serviço de Inspeção Federal (SIF), indicados pelo SFA. Todos os abates serão acompanhados por fiscais federais agropecuários do Ministério da Agricultura.

A ingestão de alimentos, elaborados com proteínas e gorduras oriundas de animais é proibida no Brasil e em vários países do mundo, por ser uma das principais fontes de transmissão da doença Encefalopatia Espongiforme Bovina , conhecida mundialmente como a doença da vaca louca. O consumo de ração com proteína animal, a mais conhecida é a cama de frango, está proibida no Brasil desde 1996 pela Instrução Normativa MAPA nº 08/2004 e pela Lei Estadual nº 3.823/09.

Denúncias sobre o consumo de proteína animal por rebanho bovino podem ser feitas ao Ministério da Agricultura através do telefone:0800 704 1995.
Tags:
Fonte: Pantanal News

Nenhum comentário