Amazonas com alto risco febre aftosa, aponta Organização Mundial de Saúde Animal

Publicado em 24/02/2011 10:19 363 exibições
A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) inclui o Amazonas entre os estados brasileiros com alto risco de febre aftosa de bovinos e bubalinos. Segundo a entidade, apenas os municípios de Guajará e Boca do Acre são reconhecidos como livres da doença com vacinação.

De acordo com o Ministério da Agricultura, o combate à circulação viral é de importância estratégica para a manutenção e a abertura de novos mercados. A pasta afirma que vai intensificar as ações de vigilância e fiscalização, além de adequar a estrutura dos serviços veterinários oficiais em todo o país. O objetivo é fazer com que a OIE reconheça, em 2012, mais áreas livres da doença.

Hoje, 15 unidades da federação são reconhecidas pela OIE como livres de febre aftosa com vacinação, entre elas: Acre, Mato Grosso, Rondônia e Tocantins. Além deles, detêm esse status, a região Centro-Sul do Pará e os dois municípios amazonenses. Na campanha de vacinação de bovinos e bubalinos da Região Norte, Tocantins atingiu 99,52% do rebanho vacinado.

Tags:
Fonte:
Portal Amazônia

0 comentário