Abate de bovinos tem alta de 4,3% em 2010

Publicado em 31/03/2011 10:58 391 exibições
No ano, foram abatidas 29,265 milhões de cabeças de gado

Em 2010 foram abatidas 29,265 milhões de cabeças de bovinos no país, um aumento de 4,3% em relação ao ano anterior. Também houve elevações nos abates de frango (4,5%), com 4,988 bilhões de unidades abatidas, e de suínos (5,1%), com 32,510 milhões de unidades abatidas. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta, dia 31.

No ano passado, foram adquiridos 20,966 bilhões de litros de leite, 7,0% a mais que em 2009, e 35,009 milhões de peças de couro cru inteiro de bovinos. Já a produção de ovos de galinha atingiu 2,460 bilhões de dúzias, 4,2% a mais que em 2009.

Na comparação entre os meses de 2010 e 2009 para o abate de bovinos, somente outubro e dezembro tiveram desempenho inferior a 2009. Esses declínios foram influenciados, principalmente, pelo menor consumo de carne bovina do mercado interno, em resposta às fortes altas de preços, e pela queda do volume de carnes exportadas no último trimestre.

No acumulado do ano, o Centro-Oeste respondeu por 34,7% do abate de bovinos, e o Sudeste, por 22,3%. Mato Grosso continua sendo o estado líder no abate de bovinos (14,0% do total), seguido por São Paulo (12,1%) e Mato Grosso do Sul (11,3%).

Quanto ao número mensal de abate de frangos em 2010, somente setembro e outubro apresentaram desempenhos inferiores ao ano anterior. A principal região em abate de frangos é a Sul, com 59,5% da produção nacional, seguida pelo Sudeste (22,4%). O Paraná contribui com 26,4% do total de frangos abatidos.

Para o abate de suínos, somente em julho foi registrado número inferior a 2009. O destaque foi dezembro, com o maior registro mensal de abate de suínos (2,965 milhões) desde o início da pesquisa, em 1997. O abate de suínos se concentra no Sul (65,4%), onde estão os dois principais estados abatedores, Santa Catarina (26,9%) e Rio Grande do Sul (21,9%).

Tags:
Fonte:
IBGE

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário