Café: Alta externa não impulsiona negociações no Brasil

Publicado em 30/12/2011 08:51 e atualizado em 30/12/2011 09:57 405 exibições
Com a proximidade do final do ano, o ritmo de negociações no físico brasileiro segue calmo. Mesmo com a alta nas cotações externas, colaboradores do Cepea comentam que agentes têm preferido aguardar 2012 para voltar à ativa. Neste cenário, o Indicador CEPEA/ESALQ tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 492,44/saca de 60 kg na quarta-feira, 28, alta de 1,2% entre 21 e 28 de dezembro. Em relação ao robusta, o Indicador CEPE/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 298,95/saca de 60 kg, avanço de 1,34% no mesmo período – a retirar no Espírito Santo.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário