INTERNACIONAL: Para tentar conter baixa dos preços, produtores de café do Brasil podem segurar suas vendas

Publicado em 12/11/2012 14:49 672 exibições
Os produtores de café do Brasil, o maior produtor mundial da commodity, estariam segurando suas vendas diante das baixas registradas pelo mercado internacional, principalmente na Bolsa de Nova York. As informações são da consultoria Flavour Coffee and Cazarini Trading Co. 

Só neste ano, os futuros do arábica negociados em NoYork já caíram cerca de 33%, em partes, por conta de uma safra maior no Brasil e também em função de estoques crescentes. No índice de commdities S&P GSCI, o café foi o que registrou o pior desempenho entre as 24 matérias primas avaliadas. 

"A contínua baixa dos preços está mantendo os produtores e as cooperativas às margens do mercado. Por isso, um volume bem menor [de café] tem sido oferecido", disse a consultoria Flavour Coffee.

De acordo com uma pesquisa da agência internacional Bloomberg, os estoques de café em armazéns monitorados pela Ice Futures (a Bolsa de Nova York) são de 2,43 milhões de sacas e este é o maior volume registrado desde abril de 2010. 

Os exportadores também não estão comprando, já que os preços oferecidos por eles significaria prejuízos para eles. Segundo Thiago Cazarini, corretor da consultoria, os descontos que os cafeicultores estão dispostos a oferecer sobre seus grãos ainda não são suficientes para atrair novas vendas.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário