Publicidade

Em NY, café despenca, atingindo as cotações mais baixas em 29 meses e gera um sentimento de oferta mais tranquila

Publicado em 20/11/2012 17:39 628 exibições
A Bolsa de Nova York (ICE Futures US) encerrou as operações para o café arábica com queda acentuada. 

Diante de fatores técnicos e gráficos negativos, as cotações despencam e atingem os patamares mais baixos em 29 meses, deixando um sentimento de oferta mais tranqüila para os compradores.

O final do ano é de melhora na oferta com a entrada da safra de arábicas lavados de alta qualidade da América Central e Colômbia, além da colheita da safra robusta vietnamita. 

Os produtores brasileiros estão com suas vendas da safra de 2012 atrasadas, com bastante oferta ainda a negociar.

Quanto à demanda, há uma acomodação. As indústrias estão comprando apenas o necessário, ciente da ampla oferta na mão de produtores e do fato de que o período é de crise nas finanças, com falta de crédito e em meio às preocupações com a economia européia, americana e chinesa.

Os contratos com entrega em dezembro de 2012 encerraram a 143,60 dólares por libra-peso com desvalorização de 780 pontos. Já março/13 fechou as cotações a 152,25 dólares por libra-peso com queda de 515 pontos, enquanto os contratos para maio de 2013 encerraram a 155,25 dólares por libra-peso com baixa de 490 pontos.

Tags:
Por:
Taany Maeno Silva
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário