Café na Semana: cotações recuam fortemente em NY

Publicado em 25/01/2013 12:22 e atualizado em 25/01/2013 14:00 576 exibições
Na última terça-feira (22) os preços futuros do café negociados na ICE Futures US (Bolsa de Nova York) recuaram fortemente. O movimento ocorreu logo após o mercado ter alcançado a maior cotação desde novembro de 2012 em 18 de janeiro de 2013. Nesse dia, o contrato março chegou a operar a 157,90 centavos de dólar por libra-peso, suportando altas de quase 12% em comparação a mínima, registradas no último dia do ano passado, no qual, o grão foi comercializado a 141,25 centavos de dólar por libra-peso.

Segundo analistas, essa elevação nas cotações seria decorrente, em boa parte, pela recomposição da carteira dos fundos, ou seja, fundos de investimentos estariam comprando novas posições no mercado futuro de café em NY. E segundo o relatório de posição dos agentes na ICE Futures houve uma diminuição nos contratos na carteira líquida vendida dos não-comerciais, que passaram de 18.985 para 9.079 contratos em uma semana. 

Na visão dos agentes, o mercado já tem a mesma forma negativa apresentada anteriormente, uma que vez que registrou uma forte desvalorização durante o ano passado, e por isso, ajustam suas carteiras. Além disso, as variáveis negativas já foram precificadas pelo mercado.

Por outro lado, os agentes também foram influenciados pela expectativa de melhora na economia mundial este ano. Porém, as altas expressivas das cotações na primeira quinzena de 2013 somado ao recuo na carteira líquida vendida de fundos levantaram desconfianças de exagero. E consequentemente, os preços voltaram a recuar.  

O que fez com os vencimentos com entrega em março perderam o nível de 155 cents, e depois encontrasse o patamar de 148,20 centavos de dólar por libra-peso. Do mesmo modo, o feriado de Martin Luther King, comemorado na última segunda-feira (21) nos EUA, contribuiu potencializou o movimento de baixa registrado na terça-feira.
Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário