Café: Preços avançam e NY encerra com mais de 1040 pontos de alta

Publicado em 04/04/2014 17:28 966 exibições

O café arábica registrou forte movimento de alta na Bolsa de Nova Iorque nesta sexta-feira (4). Os contratos recuperaram o patamar de 180 centavos de dólar por libra-peso e fecharam com altas acima dos 1040 pontos. 

O contrato para entrega maio fechou em 185,00 cents / libra-peso; o contrato setembro alcançou 189,10 cents / libra-peso e dezembro fechou 191,40 cents / libra-peso, com alta de 1045 pontos.

A trader sul-africana I&M Smith divulgou hoje em seu relatório que o mercado está atento à chegada da estação de clima tipicamente mais seco no Brasil, o que pode agravar ainda mais a situação dos cafezais. “Os níveis de umidade do solo já estão baixos nas principais regiões produtoras de arabica, o que poderá deixar o arábica mais susceptível às mais leves geadas”.    

De acordo com o analista de mercado Eduardo Carvalhaes, a forte alta registrada hoje em Nova Iorque está dentro do quadro de muita oscilação do mercado. Ele explica também que, apesar de alguns dias de fechamento negativo, o mercado continua com tendência de alta. “Nas últimas 10 semanas, só tivemos uma com fechamento negativo. Esta semana também deve fechar no positivo”.

O analista explica ainda que em diversas regiões o café está amadurecendo rápido, mas os grãos estão menores, o que indica uma queda na produtividade.

O café robusta (conillon), negociado na Bolsa de Londres (Liffe), também fechou com fortes altas nesta sexta-feira, e teria impulsionado os preços do arábica.

No mercado físico o café também registrou fortes altas nas principais praças. A saca de 60 kg do café tipo 6, bebida dura, fechou com alta de 4,17% em Guaxupé-MG, alcançando R$ 450,00. Em Poços de Caldas-MG a alta foi de 7,89% e a saca é negociada a R$ 410,00. 

Tags:
Por:
Fernanda Bellei
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário