Seca deve afetar 20% da produção de café arábica em Minas Gerais

Publicado em 14/07/2014 15:00 444 exibições

A seca severa na região sudeste deve provocar uma quebra de 20% na produção do café arábica no cerrado mineiro. O Globo Rural visitou uma fazenda na região, que fica a 15 km de Araxá. Uma das preocupações dos funcionários são as queimadas. O fenômeno é esperado, normalmente, no fim de agosto.

Essa é mais uma agrura que pode por na conta da inédita secura de 2014. “De janeiro a abril, que é um período muito chuvoso na região, meses em que chove 200 mm, 250 mm, houve mês em que choveu 20 mm, 25 mm. Menos de 10% do que seria normal”, explica o agricultor César Magriotis.

O agricultor conta que se formou em Agronomia já com o objetivo de plantar café. Em 25 anos, conseguiu formar 500 hectares. Sempre procurando os melhores critérios para se calçar contra os solavancos que, historicamente, a cultura prega. “Nesse ano, o problema climático foi muito maior do que o imaginado. Apesar do esforço que a gente tem feito, não conseguimos evitar a quebra. Ela veio”, relata o agricultor.

Leia na íntegra no site Globo Rural

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário