Café: NY tem mais um dia de queda influenciado pela previsão de chuva

Publicado em 18/09/2014 10:34 e atualizado em 18/09/2014 13:17 455 exibições

Os futuros do café arábica registram baixa na manhã desta quinta-feira (17) na Bolsa de Nova York. Por volta das 13h16 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/14 registrava 182,95 cents de dólar por libra peso com 190 pontos de queda, o março/ 15 anotava 187,40 cents/lb e 160 pontos negativos. Os contratos com vencimento mais distante registram preços mais altos, o maio/15 anotava 189,85 cents/lb no negativo em 155 pontos e o julho/15 apresentava baixa de 190 pontos com 191,05 cents/lb.

Na sessão anterior, o mercado também fechou em queda influenciado pela previsão de chuva e pela questão cambial. O dólar voltou a subir ante o real, encorajando as exportações brasileiras.Segundo o analista de mercado do Escritório Carvalhaes, Sérgio Carvalhaes, as notícias sobre chuva no Sul de Minas ainda influenciam a baixa na medida que especuladores que tem interesse na queda divulgam essas informações na Bolsa de Nova York.

Nesta quinta-feira (18), o vencimento setembro/14 terá seu último dia de negociação.

 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

Café: NY fecha com leve queda em ritmo de espera com safra 2015

Por Jhonatas Simião

Nesta quarta-feira (17), a Bolsa de Nova York (ICE Futures US) para o café arábica teve uma sessão marcada por volatilidade e encerrou as cotações com preços levemente mais baixos. O vencimento dezembro/14 registrou 184,85 cents de dólar por libra peso com queda de 40 pontos e o março/ 15 anotou 189,00 cents/lb com 35 pontos no negativo. Os contratos com vencimento mais distante apresentaram preços mais altos, o maio/15 registrou 191,40 cents/lb e o julho/15 fechou com 192,95 cents/lb, ambos com queda de 40 pontos.

Segundo o analista de mercado do Escritório Carvalhaes, Sérgio Carvalhaes, o mercado está em ritmo de espera para informações mais concretas com relação a safra 2015 . “A Bolsa trabalha testando linhas de suporte e resistência com previsões de chuva nas principais regiões produtores no final de semana. Com notícias mais otimistas ou pessimistas o mercado oscila. Essa é a chave do mercado no curto prazo”, afirma.

No entanto, de acordo com o analista, os especuladores de mercado fazem uma visão errônea das chuvas visto que as perdas até o momento não serão revertidas. “As chuvas podem evitar novas perdas, mas a situação na produção de café está crítica, o que foi perdido não volta. Estimo que no médio e longo prazo, quando Nova York perceber que as chuvas não devem representar melhoras na safra, os preços atinjam patamares mais altos”, explica.

Nesta quinta-feira (18) o vencimento setembro/14 terá seu último dia de negociação. Hoje, o contrato fechou com 180,65 cents de dólar por libra peso e alta de 5 pontos em relação à sessão anterior. 

 

Previsão do tempo

De acordo com a meteorologista da Somar Meteorologia, Olívia Nunes, as chuvas previstas para a região Sul de Minas Gerais no final de semana apesar de modestas, devem beneficiar a florada do café. “As chuvas vão cair na região entre sábado e domingo. Serão precipitações de 20 a 30 mm, que devem induzir a florada e beneficiar as já existentes em algumas lavouras”, diz. Ainda de acordo com a meteorologista, o cerrado mineiro deve não deve receber índices consideráveis.

Segundo Olívia, as chuvas devem intensificar a partir do mês de outubro e final de setembro com o início da primavera com cenário climático favorável à cafeicultura. “A primavera e verão deste ano devem ser melhor que no ano passado quando tivemos uma grande seca”.

Tags:
Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Efigenio Siviero Martins Nepomuceno - MG

    Parece brincadeira, aqui em Nepomuceno sul de minas tá um sol que esta torrando tudo e os compradores especulando chuvas futuras, conab prevendo safra do ano de 2015.O produtor só aceita vamos ter que protestar só assim o pt faz alguma coisa

    0