Café: Após tentativa de recuperação, Nova York registra baixa

Publicado em 22/10/2014 13:39 200 exibições

A Bolsa de Nova York (ICE Futures US) para o café arábica opera em baixa. Pela manhã os preços registraram ligeira alta, depois chegaram a operar no campo misto. Mas a tônica no início da tarde é de queda, após tentativa de recuperação.

Por volta das 14h30, o contrato dezembro/14 registrava 196,25 cents de dólar por libra peso com queda de 335 pontos, o março/15 anotava 200,45 cents/lb com desvalorização de 330 pontos, o maio/15 trabalhava com baixa de 355 pontos cotado a 202,50 cents/lb e o julho/15 tinha recuo de 325 pontos com 204,45 cents/lb.

Segundo agência de notícias internacionais, a expectativa de chuva para os próximos dias nas principais regiões cafeeiras do país amenizam receios de que as lavouras não receberão água suficiente para desenvolver a próxima safra.

A principal florada do café está atrasada, a maior parte das cidades ainda não tem floração em suas plantações. De acordo com o professor da Universidade Federal de Lavras, José Donizete Alves, a principal florada dos cafezais em Minas Gerais deve acontecer nos próximos dias, mas sem garantia de ‘pegamento’.

>> Principal florada dos cafezais em MG deve acontecer nos próximos dias mas sem garantia de pegamento

De acordo com o fisiologista e pesquisador aposentado do IAC, José Irineu Fahl, é necessário chuvas regulares e temperaturas amenas para que a florada tenha ‘pegamento’ e o Brasil tenha produção razoável em 2015.

“As lavouras que receberam chuvas nos últimos dias devem registrar boa florada, mas sempre que se retarda a floração do café, como agora, entramos em um período mais quente e isso sempre causa prejuízo. Portanto, a florada só terá ‘pegamento’ nas cidades em que há mais umidade”, afirma.

>> Café: Produtividade da safra 2015/16 depende de chuvas regulares, afirma fisiologista

Tags:
Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário