Café: Arábica tem mais um dia de forte alta em NY nesta 3ª feira com investidores preocupados com clima no Brasil

Publicado em 06/01/2015 16:56 e atualizado em 07/01/2015 09:21
434 exibições

Pelo segundo dia consecutivo, a Bolsa de Nova York (ICE Futures US) para o café arábica encerrou as operações no campo positivo e com alta expressiva de mais de 700 pontos nos principais vencimentos. Os investidores voltam a se preocupar com as chuvas no Brasil.

Nesta terça-feira (6), o contrato março/15 registrou 174,90 cents/lb, o maio/15 anotou 177,55 cents/lb, ambos com alta de 680 pontos. O vencimento julho/15 fechou com 179,90 cents/lb  e  valorização de 675 pontos e o setembro/15 registrou 181,95 cents/lb com 655 pontos de avanço. São os níveis mais altos desde 19 de dezembro no contrato março/15.

De acordo com o analista de mercado da Maros Corretora, Marcus Magalhães, o mercado repercurte as altas temperaturas e a falta de chuvas generalizadas e representativas no cinturão produtivo, que favoreceram ordens de compras nos terminais internacionais.

“O mercado nos terminais estava excessivamente vendido e assim, esta reviravolta climática no Brasil, pegou muitos de surpresa e literalmente, roubou um pouco de ar, de boa parte dos operadores que apostavam no caos para o setor café”, explica o analista.

Ainda de acordo com Magalhães, enquanto não houver uma mudança neste atual cenário climático, dificilmente, haverá uma inversão do movimento corretivo presenciado.

Mercado interno

No lado interno, os preços continuam firmes e poucos negócios são realizados na primeira semana do ano de 2015.

O tipo cereja descascado, tem maior valor de negociação na cidade de Guaxupé-MG, onde a saca está cotada a R$ 568,00. O município também teve a maior variação no dia com alta de 3,65% em relação a segunda-feira.

Para o tipo 4/5, a cidade com maior valor de negociação também foi Guaxupé-MG que tem saca cotada a R$ 556,00 e alta de 3,73%, a maior entre as praças de comercialização no dia.

O tipo 6 duro anotou maior valor em Guaxupé-MG com R$ 503,00 a saca e valorização de 4,14%. A cidade com oscilação mais expressiva no dia foi Marília-SP que tem saca cotada a R$ 460,00 e alta de 4,55%.

Na segunda-feira (5), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6 registrou alta de 1,95% e está cotado a R$ 459,38 a saca de 60 kg.

» Clique e veja as cotações do mercado interno nesta terça-feira (6).

Tipo 4/5 na Bovespa segue NY e fecha em alta

As cotações do café arábica tipo 4/5 registraram valorização na BM&F Bovespa nesta terça-feira. O vencimento março/15 registrou US$ 214,75 com alta de 4,76% e o setembro/15 fechou o dia com avanço de 3,93% cotado a US$ 219,30.

Londres amplia ganhos nesta 3ª feira

As cotações do café robusta na Bolsa Internacional de Finanças e Futuros de Londres (Liffe) registraram mais um dia de alta devido a diminuição das chuvas nas regiões produtoras do Brasil, segundo informam agências internacionais.

A divulgação da Vicofa de que o país deve ter queda de 20% a 25% na safra 2015 de robusta, em relação ao ano passado e exportação menor também motivou a queda na bolsa londrina.

» Café: Com expectativa de produção menor no Vietnã, exportação deve cair 12,5% em 2015, diz associação

Com isso, o contrato janeiro/15 está cotado a US$ 1933,00 por tonelada com valorização de US$ 44, o março/15 teve US$ 1949,00 por tonelada e avanço de US$ 38 e o maio/15 anotou US$ 1974,00 por tonelada com alta de US$ 40.

» Clique e veja as cotações completas de café.

Tags:
Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Joao Paulo de Oliveira Andradas - MG

    CAFE X CLIMA: O que mais tem deixado nos produtores de cafe, e o clima, estava previsto chuvas em torno de 120mm para o inicio de janeiro, e o que se vê ate o momento e um erro feio das previsões, e uma chuvinha aqui outro la que mal alcancam 20mm ate o momento, ta muito difícil ser produtor de cafe, o clima totalmente desfavorável tempo abafado, sol insuportável a ponto de queimar algumas folhas do cafeeiro, sem contar com os abutres, que tentam derrubar os preços no grito no desespero soltando estimativa de safras surreais, mas deixam um recado a voces que estao esperando uma safra boa do Brasil em 2015, tomem cuidado em ficar vendido nesse mercado pois mais adiante vai ser aquele xororo, vao apanhar e muito vao ficar assustado com a proxima safra do Brasil!!!!!!!

    0