Café: Safras estima comercialização 2016/17 do Brasil em 46%

Publicado em 15/09/2016 13:58
156 exibições

A comercialização da safra de café do Brasil 2016/17 (julho/junho) chegou a 46% até o dia 12 de setembro. O dado faz parte de levantamento de SAFRAS & Mercado. O avanço em relação ao mês imediatamente anterior foi de 9 pontos percentuais.

Os trabalhos estão levemente adiantados em relação ao ano passado, quando 44% da safra 2015/16 estava comercializada. Há avanço em relação à média dos últimos 5 anos, que aponta que 40% da produção normalmente já está negociada no período.

Com isso, já foram comercializadas 25,28 milhões de sacas de 60 quilos, tomando-se por base a estimativa de SAFRAS & Mercado, de uma safra 2016/17 de café brasileira de 54,9 milhões de sacas.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, a alta na Bolsa de Nova York e no dólar serviu de estímulo aos negócios. "Mas, mesmo com as vendas mais aceleradas, não se percebe afobação do lado da venda e nem desespero do comprador. O que existe são buracos de embarques e algumas necessidades específicas, onde o comprador se vê obrigado a ser bem mais agressivo na sua ideia de preço", observa.

Entretanto, as negociações se tratam de lotes pontuais e negócios esporádicos, pondera. No entanto, é interessante o produtor ficar atento, pois muitas vezes consegue um ágio significativo em relação ao preço praticado normalmente no mercado.

Segue tabela com levantamento de comercialização da safra 2016/17, tomando-se por base a estimativa de SAFRAS para a produção, até 12 de setembro:

BRASIL: EVOLUÇÃO DA COMERCIALIZAÇÃO DE CAFÉ BASE PRODUTOR - SAFRA 2016/17 -- Safras & Mercado

Fonte Safras & Mercado

Nenhum comentário