Fazendas usam novas técnicas para impulsionar produção de café em MG

Publicado em 30/01/2017 09:05
203 exibições

As fazendas de café do Brasil enfrentam grandes mudanças. O objetivo é elevar a produtividade, reduzir custos e melhorar a qualidade dos grãos. Algumas tecnologias fazem a diferença nos cafezais.

Na fazenda Santa Helena, no município de Areado, as máquinas dão conta de colher 90% da lavoura. “Uma colheita como a desse ano, com oito mil sacas, que eu teria que ter uns 270 trabalhadores, hoje eu faço com três colhedeiras e vinte e poucas pessoas. A colheita manual é duas vezes e meia mais cara que a mecanizada”, diz Célio Landi Pereira, agrônomo, administrador da Fazenda Santa Helena.

Com dois cilindros de varetas rígidas, a colheitadeira parece pentear o pé de café. Com a ideia de se colher cada vez mais por hectare, o agrônomo Matiello aponta outro aspecto vital para a cafeicultura moderna: a renovação.

Leia a notícia na íntegra no site Globo Rural

Fonte: Globo Rural

0 comentário