Café robusta sobe US$ 20 na Bolsa Londres nesta 4ª feira após três quedas seguidas

Publicado em 08/03/2017 18:03
81 exibições

As cotações futuras do café robusta na Bolsa de Londres (ICE Futures Europe), antiga Liffe, fecharam cerca de US$ 20 por tonelada mais altas nesta quarta-feira (8) em recuperação técnica depois de três quedas consecutivas. As informações são de agências internacionais.

O contrato março/17 anotou na sessão US$ 2163,00 por tonelada e alta de US$ 20, o maio/17 teve US$ 2189,00 por tonelada com avanço de US$ 20 e o julho/17 anotou US$ 2205,00 por tonelada com valorização de US$ 17.

O Vietnã, maior produtor do mundo de café robusta, exportou 2,4 milhões de sacas de 60 kg de café em fevereiro. Esse volume representa um aumento de 4,3% em relação ao mês anterior. A projeção dos operadores no período era entre 110 mil e 140 mil toneladas e a do governo de 130 mil toneladas. As informações são da Reuters.

As negociações sobre importação de café robusta pelo Brasil não acabaram, apesar da suspensão provisória do presidente Michel Temer. O ministro do MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços) se reuniu ontem com o presidente do CNC (Conselho Nacional do Café), Silas Brasileiro, e com o presidente da ABICS (Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel). Novas reuniões acontecem na noite desta quarta com parlamentares representantes do setor produtivo.

» Café: Ministro do Comércio se reúne com representantes do setor produtivo para discutir importação

Na terça-feira (7), o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta, tipo 6, peneira 13 acima, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 438,77 com alta de 0,27%.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário