Café robusta acompanha arábica em NY e cai quase US$ 50 nesta 5ª na Bolsa de Londres

Publicado em 20/04/2017 18:16 e atualizado em 24/04/2017 17:45
118 exibições

As cotações futuras do café robusta na Bolsa de Londres (ICE Futures Europe), antiga Liffe, caíram cerca de US$ 50 por tonelada nesta quinta-feira (20). A colheita do conilon no Brasil já começou e tem estimulado queda nos preços da variedade no mercado interno do país.

O contrato maio/17 encerrou a sessão cotado a US$ 2098,00 por tonelada com queda de US$ 48, o julho/17 registrou US$ 2124,00 por tonelada e recuo de US$ 50 e o setembro/17 anotou US$ 2138,00 por tonelada com desvalorização de US$ 45. Essa é a segunda sessão seguida de queda no mercado.

O Espírito Santo, maior produtor da variedade conilon no Brasil, iniciou a colheita da safra da safra 2017/18 e isso tem pressionado os preços da variedade no país. Segundo pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Esalq/USP), o ritmo de negociações da variedade está lento, com poucos agentes ativos.

Na quarta-feira (19), o Indicador CEPEA/ESALQ do robusta, tipo 6, peneira 13 acima, teve a saca de 60 kg cotada a R$ 410,89 com alta de 0,75%.

» Clique e veja as cotações completas de café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário