Cooxupé exporta 85% de sua produção diretamente pelo Redex Guaxupé

Publicado em 08/03/2018 14:35 e atualizado em 08/03/2018 17:19
150 exibições

Em 9 anos de operação em Guaxupé, o Redex (Recinto Especial para Despacho Aduaneiro de Exportação) que funciona nas instalações da Cooxupé, na Unidade Industrial Japy, se tornou um importantíssimo instrumento de logística nas operações de exportação de café de Minas Gerais, gerando mais segurança na operação, redução de custos e a criação de empregos aqui no interior.

Além dos colaboradores da Cooxupé, o Redex Guaxupé conta com uma estrutura de atendimento local realizada pelos Agentes da RFB (Receita Federal do Brasil) e do MAPA (Ministério da Agricultura) que promovem a fiscalização, a lacração dos contêineres, o desembaraço aduaneiro e toda a emissão de documentos necessários para a exportação, como exemplo: a Declaração de Exportação, Certificados Fitossanitários e Certificados de Origem.

A Unidade Industrial Japy conta também com um importante Depósito de Contêineres, o que possibilitou agilizar os despachos diretos e reduzir o tempo de espera dos transportadores em média 12 horas.

No ano de 2017 a Cooxupé exportou diretamente pelo Redex em média 850 contêineres de café por mês, distribuídos em mais de 3.000 despachos no ano o que representou 85% de toda a exportação direta realizada pela Cooperativa.

Em razão do crescente aumento das operações de exportação realizadas diretamente pelo REDEX em Guaxupé, foi necessário um investimento de cerca de R$2,5 milhões para construção de um novo recinto que entrará em operação no primeiro semestre de 2018.

Tags:
Fonte: Cooxupé

Nenhum comentário