Café: Bolsa de Nova York opera com alta de mais de 100 pts nesta tarde de 5ª e reverte parte das perdas da véspera

Publicado em 11/10/2018 12:51
132 exibições

LOGO nalogo

Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta de cerca de 100 pontos nesta tarde de quinta-feira (11). O mercado externo do grão reverte parte das perdas da véspera com suporte importante da desvalorização do dólar ante o real e de movimentações técnicas.

Por volta das 12h25 (horário de Brasília), o contrato dezembro/18 trabalhava com alta de 95 pontos, a 112,85 cents/lb e o março/19 anotava 116,45 cents/lb com avanço de 95 pontos. Já o maio/19 trabalhava com ganhos de 90 pontos, a 118,85 cents/lb e o julho/19 subia 100 pontos, a 121,25 cents/lb.

Depois de registrar queda de mais de 100 pontos, o mercado do arábica passou a subir com suporte do dólar. Às 12h10, o dólar comercial caía 0,23%, cotado a R$ 3,7548 na venda, acompanhando o cenário externo e em movimento corretivo. As oscilações cambiais impactam diretamente nas exportações.

Além da influência do câmbio, movimentos técnicos também dão suporte aos preços. Do lado fundamental, poucas são as novidades que impactam os preços externos. A safra passada tem colheita praticamente finalizada, enquanto que a temporada 2019/20 está em plena florada com as chuvas recentes.

O Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil) informou nesta quarta que as exportações de café no país em setembro totalizaram 3,02 milhões de sacas. Um volume 24% superior ao mesmo período do ano passado. A receita cambial foi de US$ 410,3 milhões.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 420,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 430,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 432,00 a saca.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário