Café: Bolsa de Nova York recua mais de 200 pts nesta tarde de 6ª feira e estende perdas recentes

Publicado em 30/11/2018 12:30
158 exibições

LOGO nalogo

As cotações futuras do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com queda de mais de 200 pontos nesta tarde de sexta-feira (30). O mercado externo do grão estende as perdas da véspera com influência principal do câmbio, mas operadores seguem atentos às informações dos Brasil.

Por volta das 12h19 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/18 registrava 106,80 cents/lb com queda de 170 pontos e o março/19 caía 215 pontos, a 110,15 cents/lb. Já o contrato maio/19 registrava perdas de 210 pontos, a 113,05 cents/lb e o julho/19 tinha desvalorização 175 pontos, a 116,05 cents/lb.

O mercado externo do café arábica recuou cerca de 150 pontos na véspera e agora essas perdas são estendidas em mais um dia de alta do dólar ante o real. Às 12h23, o dólar avançava 0,19%, cotado a R$ 3,865 na venda, acompanhando a formação da taxa Ptax de final de mês e exterior.

"Passada a formação da Ptax, mercado pode colar no mercado externo e também focar o noticiário local", disse para a agência de notícas Reuters o presidente da BeeTech, Fernando Pavani.

Apesar da queda, operadores no terminal também seguem atentos com a safra brasileira, que está em pleno desenvolvimento. "Os especuladores estavam negociando acompanhando as previsões do tempo no Brasil e as ideias de grande oferta", disse o vice-presidente da Price Futures Group, Jack Scoville.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 420,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP), em Guaxupé (MG) os preços estavam cotados a R$ 445,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam valendo R$ 419,00.

» Clique e veja as cotações completas do café

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário