Com novos representantes, conselho da AMOG discute cenário cafeicultura nacional

Publicado em 18/04/2019 14:24
172 exibições

LOGO nalogo

Novos representantes da Associação dos Municípios Micro Região Baixa Mogiana (AMOG) se reuniram na última terça-feira (16), em Guaxupé (MG), na sede da instituição, para discutir e buscar soluções diante do atual cenário da cafeicultura nacional.

Além das cidades que já compõem a AMOG, ficou definido que o conselho agora passará a ter novos representantes de municípios do setor cafeeiro do Sul de Minas Gerais, como Campestre (MG), São Sebastião do Paraíso (MG), Carmo do Rio Claro (MG) e outros.

"Estamos ampliando a atuação no setor cafeeiro, e para isso incluímos municípios que têm importante produção nas montanhas de Minas. Temos municípios totalmente dependentes da agricultura, vários deles com o café como carro chefe", afirma Fernando Barbosa, presidente do Conselho do Café da AMOG.

Novos membros do Conselho do Café da AMOG - Foto: Valéria Vilela
Novos membros do Conselho do Café da AMOG - Foto: Valéria Vilela

A ideia com a inclusão de novos membros é que, com maior representatividade, ampliar também as reivindicações e melhorar a atuação. "Fica mais fácil quando temos mais cidades participando e colaborando em casos de eventos e ações coletivas", ressalta Barbosa.

O setor cafeeiro no Brasil tem enfrentado baixos preços nos últimos meses. Os produtores, inclusive, têm lidado com valores de negociação no mercado abaixo dos custos de produção.

Os novos participantes da Frente Produtiva do café de Minas na AMOG serão:

1.         Delber, Adilson - Campestre (MG).

2.         André e Gustavo - Guaxupé (MG).

3.         Francisco e Ronaldinho - Ibiraci (MG).

4.         Daniel e Eduardo - São Sebastião do Paraíso (MG).

5.         Claudinei -  Jacuí (MG).

6.         Elvira – Alfenas (MG).

7.         Divino e Paulinho - Santo Tomás de Aquino (MG).

8.         Luciano - Carmo do Rio Claro (MG).

9.         Rodrigo, Concafé

10.      Lúcio - Cabo Verde (MG).

11.      Mariza - Areado (MG).

12.      Mauro - Poços de Caldas (MG).

Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário