Expocafé apresenta pulverizador e dosador costal a bateria, com possibilidade de conexão com o celular

Publicado em 15/05/2019 11:41
88 exibições

Com características versáteis para atender a diferentes necessidades para o trato do café, o Jacto DJB-20S, apresentado com exclusividade pela Jacto na EXPOCAFÉ 2019, é um pulverizador e dosador a bateria que proporciona ótima autonomia de trabalho e aumento de produtividade operacional. O equipamento é ainda o primeiro do mundo com a possibilidade deconexão via bluetooth com o aparelho celular.

O Jacto DJB-20S vem ampliar a oferta da empresa em pulverizadores e dosadores costais movidos a bateria, aliando conforto e tecnologia, uma vez que o operador deixa de realizar o esforço de bombeamento e se concentra na localização dos alvos, tendo assim uma aplicação com mais qualidade. Com este lançamento, a empresa reforça sua posição como líder mundial no mercado de pulverizadores costais e inicia uma nova era no segmento.

Na cultura cafeeira, o equipamento pode ser usado para várias funções: pulverização de herbicida (catação de plantas invasoras), pulverização de produtos foliares (fungicidas, inseticidas, fertilizantes foliares) e aplicação via drench de produtos na raiz da planta (produtos sistêmicos, fertilizantes líquidos e biológicos/enraizadores).

Na função de pulverização de herbicidas, o equipamento proporciona a diminuição da deriva, e consequentemente o desperdício de produtos, através da regulagem da pressão e consequentemente diminuição do volume de aplicação. É possível diminuir em até 30% o volume de aplicação.

Na função pulverização de inseticidas/fungicidas, conseguimos aumentar a probabilidade de penetração e cobertura de gotas na planta selecionando a pressão máxima de pulverização, que chega próximo de 60 psi (4 bar), além de manter constante a pulverização, melhorando consequentemente a homogeneidade/qualidade da aplicação.

Já na função de aplicação via drench de produtos na raiz da planta, um dos fatores a serem analisados é a precisão e repetibilidade da dose aplicada. Nesse sentido, o equipamento tem assertividade de 1 cada decimal (0,1 ml) da dose através da calibração utilizando o aplicativo. No termo repetibilidade, é possível aplicar a mesma dose selecionada no início do dia até o final do dia, dispensando a necessidade de realizar a calibração da dose ao longo da jornada.

“Outro grande diferencial do equipamento está na conexão bluetooth do equipamento com o celular, o que permite ao operador configurar o equipamento, padronizando as dosagens, pressão e vazão do produto a ser aplicado, além de selecionar o tipo de aplicação considerando o espaçamento entre as plantas. Ao final do trabalho, é gerado um relatório com informações da operação, parecido com os serviços de telemetria que são oferecidos nas grandes máquinas”, explica Iago Reis de Oliveira, especialista de produtos da Jacto, unidade de produtos portáteis.

Outra importante operação para o café, a de poda, é facilitada com o Jacto PR- 40,  único podador a bateria do mundo que tem 7 sensores internos, possibilitando o corte progressivo com força e precisão extrema.

A tesoura de poda elétrica é leve e ergonômica, possibilitando que o trabalho seja feito até três vezes mais rápido quando comparado a um podador manual ao final do dia de trabalho. Principalmente utilizada em pomares de frutas, é capaz de realizar cortes de galhos finos e grossos com facilidade, precisão e agilidade, diminuindo o tempo operacional e aumentando a qualidade da poda.

Entre os seus diferenciais estão a sua lâmina de aço revestida de titânio de alta resistência que pode ser aberta em dois diâmetros de corte: até 20 ou 40 mm. O fechamento dessa lâmina é progressivo, acionado por um gatilho eletrônico, o que garante um corte preciso e sem rebarbas A bateria é de Lítio-íon, o que oferece a possibilidade de longas jornadas de trabalho com até 20.000 cortes de autonomia por carga completa da bateria. Para ampliar seu uso, o equipamento possui um acessório opcional, uma haste de extensão telescópica, com ajuste de altura que varia de 1,20 a 2,0 m para cortes em plantas mais altas. 

Tags:
Fonte: Expocafé

Nenhum comentário