Café: Após sessão de baixas significativas, mercado abre com movimentações técnicas

Publicado em 05/12/2019 09:13
278 exibições

LOGO nalogo

Após encerrar a última sessão com quedas de até 295 pontos na Bolsa de Nova York (ICE Future US), o mercado futuro do café arábica iniciou as negociações desta quinta-feira (5) com altas técnicas de até 90 pontos. 

Por volta das 09h08(horário de Brasília) dezembro/19 registrava alta de 90 pontos, cotado a 121,50 cents/lbp, março/20 subia 60 pontos, cotado a 121,85 cents/lbp, maio/20 também tinha alta de 60 pontos, cotado a 124,10 cents/lbp e julho/20 registrava alta de 50 pontos, cotado a 125,90 cents/lbp. 

O mercado do café vem vivendo dias de grandes variações na Bolsa de Nova York, seja para altas expressivas ou quedas significativas. O site internacional Barchart destacou que os preços voltaram a cair nesta terça após uma nova estimativa de queda. 

"A Coex Coffee International disse na quarta-feira que a safra brasileira de café estará mais próxima de 54 a 55 milhões de sacas, abaixo da previsão de 58 milhões de sacas do USDA", destacou em sua análise diária. Nesta quarta-feira (4), o dólar encerrou a sessão com queda de 0,09% e cotado a R$ 4,202. O dólar desvalorizado tende a desencorajar as exportações. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo.

- Cafés Especiais: Brasil segue buscando espaço de destaque; setor está mais exigente e produtor investe cada mais nas lavouras

No Brasil, o mercado interno mais uma vez acompanhou o exterior e registrou algumas variações. 

O tipo 6 duro teve queda de 1,13% em Guaxupé/MG, estabelecendo os preços por R$ 523,80. Araguarí/MG registrou baixa de 0,96%, por R$ 515,00. Em Espírito Santo do Pinhal/SP a alta foi de 4,00% e o preço estabelecido em R$ 520,00. As demais praças produtoras manteram a estabilidade da última sessão. 

Tags:
Por: Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário