Café: Nova York encerra com leves altas; preços sustentados pelas condições climáticas do BR

Publicado em 03/02/2021 17:21 384 exibições
Em Londres, estimativa de quebra do conilon no Vietnã deu suporte de valorização

LOGO nalogo

A quarta-feira (3) chega ao fim com leves altas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Os principais contratos tiveram alta de 55 pontos. Março/21 encerrou valendo 123,95 cents/lbp, maio/21 negociado por 126,10 cents/lbp, julho/21 negociado por 128,05 cents/lbp e setembro/21 encerrou valendo 129,90 cents/lbp. 

As cotações fecharam no positivo depois de encerrar o último pregão com os preços pressionados pela exportação global de café. A Organização Internacional do Café (OIC) informou na segunda-feira que as exportações globais de café de outubro a dezembro aumentaram 6,1% para 31,59 milhões de sacas. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também encerrou com valorização. Março/21 teve alta de US$ 24 por tonelada, valendo US$ 1323, maio/21 registrou valorização de US$ 25 por tonelada, julho/21 teve alta de US$ 23 por tonelada, valendo US$ 1355 e setembro/21 registrou alta de US$ 1370.

Mais uma vez, o site internacional Barchart destacou as condições do clima no Brasil na formação dos preços. "Os preços do café na quarta-feira registraram ganhos moderados devido às preocupações com a safra no Brasil. A seca excessiva no Brasil está sustentando os preços do café", destacou a publicação. 

Cafés Janaína Magalhães - Lambari/MG
Além de bienalidade baixa, falta de chuvas já comprometeu a safra 21 do Brasil

Já para o café conilon, a análise internacional destacou as exportações mais baixas do Vietnã deram suporte aos preços. " "O conilon recebeu apoio depois que o Escritório Geral de Estatísticas do Vietnã informou na última quinta-feira que as exportações de café do Vietnã em janeiro caíram -17,6% a / a para 120.000 toneladas", disse.

Além disso, a Associação Nacional do Café do Vietnã em 19 de janeiro projetou que a produção de café do Vietnã cairia de -10% para -15 este ano devido a desastres naturais e menores investimentos resultantes de preços baixos. O Vietnã é o maior produtor mundial de café robusta.

No Brasil, foram registradas movimentações de quedas nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,76% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 655,00, Patrocínio/MG registrou baixa de 0,72%, negociado por R$ 685,00 e apenas Campos Gerais/MG teve alta, com valorização de 0,58%, estabelecendo os preços por R$ 689,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 0,69% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 715,00 e Patrocínio/MG registrou baixa de 0,68%, valendo R$ 725,00 e Campos Gerais/MG teve alta de 0,54%, negociado por R$ 739,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário