Café: Arábica e conilon tem mais um dia de desvalorização técnica nesta 3ª feira

Publicado em 02/03/2021 16:29 e atualizado em 02/03/2021 18:06 433 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro de café arábica encerrou o segundo dia seguido com baixas técnicas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Maio/21 teve queda de 195 pontos, valendo 133,85 cents/lbp, julho/21 também registrou baixa de 195 pontos, valendo 135,80 cents/lbp, setembro/21 finalizou com baixa de 195 pontos, negociado por 137,50 cents/lbp e dezembro/21 teve queda de 185 pontos, encerrando o dia por 139,10 cents/lbp. 

Com as baixas desta sessão o mercado devolve parte dos ganhos registrados na última semana. Após valorização expressiva, analistas já indicavam que a correção poderia acontecer.

"Sinais de oferta adequada de café estão pesando sobre os preços hoje pelo segundo dia depois que a Organização Internacional do Café (OIC) informou na segunda-feira que as exportações globais de café de outubro a janeiro aumentaram 3,7% para 41,876 milhões de sacas", voltou a destacar a análise internacional do site Barchart. 

O dia também foi de desvalorização para o café tipo conilon na Bolsa de Londres. Maio/21 teve queda de US$ 15 por tonelada, valendo US$ 1450, julho/21 teve queda de US$ 13 por tonelada, negociado por US$ 1470, setembro/21 registrou queda de US$ 14 por tonelada, valendo US$ 1484 e novembro/21 encerrou com baixa de US$ 14 por tonelada, valendo US$ 1498.

No Brasil, a terça-feira foi de estabilidade nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 1,19% em Guaxupé/MG, valendo R$ 767,00, Poços de Caldas/MG registrou alta de 0,41%, negociado por R$ 740,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 750,00, Araguarí/MG manteve ´por R$ 750,00, Varginha/MG por R$ 775,00 e Campos Gerais/MG por R$ 756,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 1,36% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 820,00. Poços de Caldas/MG registrou valorização de 0,38%, valendo R$ 800,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 800,00, Varginha/MG manteve o valor por R$ 840,00 e Campos Gerais/MG manteve por R$ 816,00.

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário