Café: Primeiro pregão da semana finaliza com quedas técnicas em Londres e Nova York

Publicado em 15/03/2021 16:50 e atualizado em 15/03/2021 18:03 393 exibições
Dados de chuvas em Minas Gerais pressionaram os preços neste pregão

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica finalizou o primeiro pregão da semana com desvalorização técnica para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Maio/21 teve baixa de 90 pontos, negociado por 132,10 cents/lbp, julho/21 registrou queda de 85 pontos, negociado por 134,10 cents/lbp, setembro/21 encerrou com baixa de 90 pontos, valendo 136 cents/lbp e dezembro/21 registrou queda de 80 pontos, valendo 138,10 cents/lbp. 

O dia também foi de desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Londres, para o café conilon. Maio/21 teve queda de US$ 15 por tonelada, valendo US$ 1388, julho/21 teve queda de US$ 15 por tonelada, negociado por US$ 1412, setembro/21 teve queda de US$ 14 por tonelada, valendo US$ 1432 e novembro/21 registrou baixa de US$ 15 por tonelada, valendo US$ 1448.

As cotações iniciaram o dia com variações positivas, mas o mercado recuou no período da tarde. "Os preços do café na segunda-feira desistiram de um avanço precoce e caíram com a chuva no Brasil", destacou a análise do site internacional Barchart. Ainda de acordo com a publicação, a Somar Meteorologia informou que a chuva na semana passada em Minas Gerais, a maior região de cultivo de arábica do Brasil, mediu 45,2 mm, ou 104% da média histórica. 

Os preços do café ainda têm suporte na perspectiva de uma demanda mais aquecida no segundo semestre, com avanço da vacinação em importante polos consumidores como Estados Unidos e Inglaterra. "A média de 7 dias de novas infecções por Covid nos Estados Unidos caiu para 51.820 no domingo, a menor em 5 meses", afirmou a análise internacional. 

No Brasil, o mercado físico teve um dia de estabilidade nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,68% em Poços de Caldas/MG, negociado por R$ 740,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 767,00, Patrocínio/MG manteve a negociação por R$ 755,00, Araguarí/MG manteve o valor de R$ 750,00, Varginha/MG manteve o valor de R$ 765,00 e Franca/SP manteve a negociação por R$ 760,00.

O tipo cereja descascado teve queda de 1,89% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 780,00. Guaxupé/MG manteve a negociação por R$ 820,00, Patrocínio/MG manteve o valor por R$ 795,00 e Varginha/MG manteve a negociação por R$ 835,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário