Café: Nova York e Londres registram quedas técnicas nesta 3ª feira

Publicado em 18/03/2021 12:10 183 exibições
Maio/21 com queda de 30 pontos, negociado por 133,25 cents/lbp

LOGO nalogo

Após iniciar o dia com valorização acima dos 100 pontos, o mercado futuro do café arábica passou a operar com baixas técnicas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US).  A tendência é que o mercado continue volátil até o segundo semestre, considerando que o setor segue acompanhando o desenvolvimento da safra brasileira, dólar, o avanço da vacinação e o consumo mundial de café

Por volta das 12h06 (horário de Brasília), maio/21 tinha queda de 30 pontos, negociado por 133,25 cents/lbp, julho/21 registrava baixa de 30 pontos, valendo 135,20 cents/lbp, setembro/21 tinha queda de 30 pontos, negociado por 137,05 cents/lbp e dezembro/21 também registrava queda de 30 pontos, valendo 139,10 cents/lbp. 

Em Londres, o cenário é o mesmo e o conilon opera com leves baixas. Maio/21 tinha queda de US$ 9 por tonelada, valendo US$ 1403, julho/21 registrava queda de US$ 8 por tonelada, negociado por US$ 1428, setembro/21 tinha desvalorização de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 1453 e novembro/21 tinha queda de US$ 8 por tonelada, negociado por US$ 1465.

Neste momento, os preços do café têm suporte na queda dos estoques nos Estados Unidos e na perspectiva de uma demanda mais aquecida no segundo semestre, considerando que o consumo de casa deve aumentar com o avanço da imunização, sobretudo nos Estados Unidos e na Inglaterra. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário