Café: Mercado futuro abre andando de lado nesta 5ª feira; operadores seguem observando consumo

Publicado em 25/03/2021 08:17 1054 exibições

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta quinta-feira (25) com altas técnicas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). As cotações abrem o dia andando de lado, após encerrar o último pregão com preços pressionados pela Covid-19. Restrições em importantes polos consumidores de café levantam incertezas quanto ao consumo da bebida. 

Por volta das 08h14 (horário de Brasília), maio/21 tinha alta de 60 pontos, negociado por 127,10 cents/lbp, julho/21 também registrava alta de 60 pontos, valendo 129,15 cents/lbp, setembro/21 operava com alta de 60 pontos, valendo 131,10 cents/lbp e dezembro/21 tinha valorização de 60 pontos, negociado por 133,35 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon também abriu o pregão com leves altas. Maio/21 registrava alta de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 1370, julho/21 tinha alta de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 1393, setembro/21 tinha valorização de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 1411 e novembro/21 registrava valorização de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 1427.

 "Os preços do café estão sob pressão devido às preocupações com a demanda depois que Alemanha, França e Itália recentemente ampliaram suas medidas de restrição à pandemia, o que reduzirá a demanda de café, já que restaurantes e cafeterias reduzirão o horário de funcionamento ou serão forçados a fechar", destacou a análise internacional do site Barchart. 

Mercado Interno - Última sessão

No Brasil, o dia foi de estabilidade nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,69% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 725,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 735,00, Patrocínio/MG manteve a negociação por R$ 725,00, Araguarí/MG manteve o valor por R$ 740,00, Varginha/MG manteve a negociação por R$ 735,00, Franca/MG manteve o valor por R$ 730,00 e Campos Gerais/MG encerrou valendo R$ 730,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,66% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 765,00, Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 780,00, Patrocínio/MG manteve a negociação por R$ 765,00, Varginha/MG por R$ 780,00 e Campos Gerais/MG por R$ 790,00.

Leia Mais:

+ Londres e Nova York encerram mais um dia com desvalorização para o café

+ Produtor de café migra parte da produção para grãos em busca maior rentabilidade

+ Procafé: Veranico em janeiro danificou ainda mais a planta, podendo gerar mais impacto na safra de 2022
 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário