Café: Nova York volta a cair mais de 300 pontos e Londres pede US$ 22 por tonelada

Publicado em 30/03/2021 12:07
As cotações do mercado futuro de café vêm sendo pressionadas pelo avanço das restrições contra a covid-19

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica passou a operar com forte desvalorização para os principais contratos nesta terça-feira (30) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). As cotações do mercado futuro de café vêm sendo pressionadas pelo avanço das restrições contra a covid-19. De acordo com analistas, novas restrições podem impactar o consumo do café em importantes polos consumidores. 

Por volta das 12h04 (horário de Brasília), maio/21 tinha queda de 385 pontos, negociado por 123,20 cents/lbp, julho/21 registrava queda de 390 pontos, valendo 125,15 cents/lbp, setembro/21 tinha baixa de 385 pontos, valendo 127,15 cents/lbp e dezembro/21 registrava baixa de 380 pontos, valendo 129,60 cents/lbp. 

Em Londres, o pregão também é de desvalorização para o café conilon. Maio/21 tinha queda de US$ 21 por tonelada, valendo US$ 1355, julho/21 registrava baixa de US$ 20 por tonelada, negociado por US$ 1377, setembro/21 tinha queda de US$ 17 por tonelada, valendo US$ 1398 e novembro/21 registrava baixa de US$ 016 por tonelada, negociado por US$ 1415.

Do lado positivo, operadores acreditam em uma demanda mais aquecida a partir do segundo semestre. O setor se mantém atento as questões cambiais que podem mais uma vez influenciar a formação de preços tanto no mercado futuro, como no Brasil. 

 

Mercado Interno - Última sessão

"No mercado físico brasileiro, a volatilidade da moeda americana dificultou bastante a formação de preços. Os compradores mantiveram o valor das ofertas e mais uma vez não foi suficiente para animar os vendedores", destacou a última análise do Escritório Carvalhaes. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,27% em Poços de Caldas/MG, valendo R$ 735,00. Guaxupé/MG manteve a negociação por R$ 757,00, Patrocínio/MG manteve o valor por R$ 750,00, Araguarí/MG manteve por R$ 750,00, Varginha/MG manteve a negociação poor R$ 755,00, Campos Gerais/MG por R$ 750,00 e Franca/SP manteve o valor por R$ 750,00.

O tipo cereja descascada teve queda de 0,26% em Poços de Caldas/MG, negociado por R$ 775,00, Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 800,00, Patrocínio/MG manteve por R$ 790,00, Varginha/MG por R$ 800,00 e Campos Gerais/MG por R$ 810,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário