Após atingir 300 pontos de altas, Nova York e Londres recuam e voltar a operar com leves altas

Publicado em 23/04/2021 11:50 282 exibições
Para analista, movimentação faz parte da volatilidade já esperada pelo setor

LOGO nalogo

Depois de atingir o pico de alta acima dos 300 pontos na Bolsa de Nova York (ICE Future US), os contratos voltaram a operar com leves altas para os principais contratos nesta sexta-feira (23). 

Por volta das 11h45, julho/21 tinha valorização de 50 pontos, negociado por 136,65 cents/lbp, setembro/21 tinha alta de 60 pontos, valendo 138,65 cents/lbp, dezembro/21 tinha alta de 45 pontos, valendo 140,90 cents/lbp e março/22 tinha alta de 90 pontos, valendo 143,30 cents/lbp. 

Para o analista de mercado Eduardo Carvalhaes, a volatilidade e as altas dessa sessão ainda estão dentro do esperado pelo mercado. Já as últimas análises do site internacional Barchart indicaram que os preços do café ainda têm suporte nos baixos volumes de chuvas nas principais áreas produtoras do país.

Apesar do retorno da umidade no final do ano passado, especialistas apontam que o volume de água segue abaixo do ideal desde então. Além disso, analistas afirmam que a partir de agora o mercado se torna ainda mais climático, considerando a aproximação das baixas temperaturas nas lavouras brasileiras. 

Em Londres, o mercado de conilon também passou a operar apenas com valorização técnica. Julho/21 tinha alta de US$ 6 por tonelada, valendo US$ 1414, setembro/21 tinha alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1434, novembro/21 tinha alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1451 e janeiro/22 registrava alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1465.

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário