Café: Em dia de grande correção, cotações seguem pressionadas em NY e Londres

Publicado em 07/05/2021 14:00 370 exibições
Movimento de queda já era esperado por analistas após valorização tão expressiva

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica segue operando com correção nos preços e forte queda nos preços do café na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 11h42 (horário de Brasília), julho/21 tinha queda de 455 pontos, negociado por 149,70 cents/lbp, setembro/21 tinha baixa de 450 pontos, valendo 151,70 cents/lbp, dezembro/21 registrava queda de 435 pontos, valendo 154,20 cents/lbp e março/22 tinha baixa de 435 pontos, valendo 156,25 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon também opera com desvalorização. Julho/21 tinha queda de US$ 15 por tonelada, valendo US$v 1533, setembro/21 tinha baixa de US$ 14 por tonelada, valendo US$ 1556, novembro/21 registrava queda de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 1572 e janeiro/22 tinha baixa de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 1586.

Mesmo com o dólar em queda ante ao real, as cotações devolvem parte dos ganhos registrados nas duas últimas sessões. O recuo nos preços já era esperado por analistas, mas afirmam que o cenário segue sendo de preços firmes tanto para o café arábica, como para o café tipo conilon. 

Às 11h48 (horário de Brasília), o dólar registrava queda de 1,29% e era negociado por R$ 5,21 na venda. "O dólar passava a cair contra o real nesta sexta-feira, alcançando uma mínima em mais de três meses próxima dos 5,23 reais depois que um importante relatório de empregos dos Estados Unidos decepcionou fortemente as expectativas dos mercados", destacou a agência de notícias Reuters. 

+ Arábica e conilon: Analista destaca que mercado deve seguir firme, podendo subir mais com problemas no Brasil e na Colômbia

 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário