Café: Após queda, Nova York e Londres voltam a subir nesta terça-feira

Publicado em 11/05/2021 09:13 322 exibições
Cenário se mantém com preços firmes, com chance de novas altas, apontam analistas

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica voltou a operar com altas para os principais contratos no pregão desta terça-feira (11) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Os contratos voltam a subir após uma sessão de realização de lucros e baixas na última sessão. 

Por volta das 09h09 (horário de Brasília), julho/21 tinha alta de 160 pontos, negociado por 149,65 cents/lbp, setembro/21 tinha valorização de 155 pontos, negociado por 151,55 cents/lbp, dezembro/21 tinha alta de 145 pontos, valendo 153,90 cents/lbp e março/22 subia 145 pontos, valendo 156 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também abriu com valorização. Julho/21 tinha alta de US$ 12 por tonelada, negociado por US$ 1530, setembro/21 tinha alta de US$ 11 por tonelada, valendo US$ 1553, novembro/21 tinha alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1568 e janeiro/22 registrava alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 1581.

De acordo com analistas, a tendência ainda é de preços firmes para o café, considerando a quebra de safra brasileira e também problemas logísticos na Colômbia. + Café: Apesar de iniciar semana com baixas, cenário ainda é de preços firmes e com fundamentos de alta, avalia Rabobank

Mercado Interno 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 2,97% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 817,00, Poços de Caldas/MG teve queda de 1,24%, valendo R$ 795,00, Varginha/MG teve recuo de 4,67%, valendo R$ 817,00 e Franca/SP teve queda de 1,78%, negociado por R$ 830,00.


O tipo cereja descascado teve queda de 2,82% em Guaxupé/MG, valendo R$ 860,00, Poços de Caldas/MG teve baixa de 1,18%, estabelecendo os preços por R$ 840,00, Varginha/MG teve queda de 4,44%, negociado por R$ 860,00 e Campos Gerais/MG teve baixa de 2,22%, estabelecendo a negociação por R$ 882,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário