Apesar de dia volátil, arábica encerra com estabilidade; conilon recua em Londres

Publicado em 13/05/2021 16:35 268 exibições
Estoques de café certificado na ICE seguem apresentando recuperação

LOGO nalogo

Depois de muita volatilidade, o mercado futuro do café arábica encerrou as cotações desta quinta-feira (13) com estabilidade para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Julho/21 teve queda de 10 pontos, negociado por 145,65 cents/lbp, setembro/21 teve baixa de 10 pontos, valendo 148,35 cents/lbp, dezembro/21 teve baixa de 5 pontos, valendo 150,80 cents/lbp e março/21 encerrou sem variações, valendo 152,95 cents/lbp.

Os preços do café caíram na quinta-feira para as mínimas de uma semana com os atuais suprimentos. "Os estoques de café ICE têm apresentado tendência de alta nos últimos seis meses. Os estoques de café arábica da ICE na quinta-feira aumentaram para uma alta de 13-1 / 2 meses, de 2.020 milhões de sacas, se recuperando ainda mais da baixa de 21 anos de 1.096 milhões de sacas registrada em 5 de outubro", destacou a análise do site internacional Barchart. 

Já na Bolsa de Londres, o café tipo conilon encerrou com desvalorização mais acentuada. Julho/21 teve queda de US$ 19 por tonelada, valendo US$ 1495, setembro/21 registrou queda de US$ 17 por tonelada, negociado por US$ 1520, novembro/21 teve baixa de US$ 17 por tonelada, valendo US$ 1537 e janeiro/22 teve desvalorização de US$ 16 por tonelada, valendo US$ 1551.

Leia Mais:

+ Exportações de 500.000 sacas de café são atrasadas por protestos na Colômbia

Já os estoques de café conilon monitorados pela ICE na quinta-feira subiram, recuperando-se da baixa de 2 anos de 10.808 lotes postados em 14 de outubro. Além disso, a OIC informou na terça-feira que as exportações globais de café de outubro-março aumentaram 3,5% a / a para 65,4 milhões de sacas.  

No Brasil, o mercado físico também encerrou com estabilidade nas principais praças produtoras do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,61% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 823,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 0,26%, estabelecendo pelos preços por R$ 780,00 e Campos Gerais/MG teve alta de 0,61%, valendo R$ 822,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 815,00 e Araguarí/MG manteve por R$ 840,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,58% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 865,00, Poços de Caldas/MG teve valorização de 0,24%, negociado por R$ 825,00 e Campos Gerais/MG registrou aumento de 0,57%, valendo R$ 882,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 845,00 e Varginha/MG registrou queda de 0,58%, valendo R$ 855,00.

>>> Veja mais cotações aqui

+ Honduras reduz as exportações de café previstas para 2020/21 mais uma vez devido aos danos da ferrugem

+ Cecafé: Entidades do agro lançam programa social de combate à fome

+ IBGE prevê produção brasileira de café em 46 milhões de sacas na safra 2021/2022

+ Vendas da safra velha de café do Brasil chegam a 93% do total, diz Safras

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário