Publicidade

Café: Com cenário de preços firmes, arábica abre pregão com valorização

Publicado em 26/05/2021 09:09 307 exibições
Já em Londres, tipo conilon opera com leves baixas nesta 4ª feira

LOGO nalogo

A quarta-feira (26) começou com variações positivas para os principais contratos do mercado futuro do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 09h04 (horário de Brasília), julho/21 tinha alta de 45 pontos, negociado por 150,95 cents/lbp, setembro/21 tinha alta de 45 pontos, negociado por 152,90 cents/lbp, dezembro/21 tinha valorização de 40 pontos, negociado por 155,60 cents/lbp e março/22 tinha alta de 40 pontos, valendo 157,95 cents/lbp. 

Já na Bolsa de Londres, o café tipo conilon abriu o pregão com leves baixas. Julho/21 tinha queda de US$ 8 por tonelada, valendo US$ 1480, setembro/21 tinha queda de US$ 8 por tonelada, negociado por US$ 1504, novembro/21 tinha baixa de US$ 5 por tonelada, valendo US$ 1524 e janeiro/22 tinha baixa de US$ 4 por tonelada, valendo US4 1537.

O mercado segue atento as condições da safra 21 do Brasil que começa a ganhar intensidade na colheita. "As poucas chuvas que estão caindo em algumas regiões produtoras ajudam pouco a lavoura, mas atrapalham os trabalhos neste início de colheita e prejudicam a qualidade dos primeiros frutos espalhados nos terreiros", destacou Eduardo Carvalhaes. 

O especialista afirma ainda que o cenário segue sendo de preços firmes para o café, considerando a oferta mais restrita do Brasil e uma demanda mais aquecida no segundo semestre em importantes polos consumidores, como nos Estados Unidos e na Inglaterra. Além disso, o setor segue acompanhando os problemas enfrentados por cafeicultores da Colômbia, segundo maior produtor de café arábica do mundo. 

Publicidade

+ Após boletim da Conab, café tem dia de valorização em Nova e em Londres nesta 3ª feira

+ Produção de café nacional deve ficar em 49 milhões de sacas, estima Conab

Mercado Interno - Última sessão

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,58% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 862,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 0,61%, negociado por R$ 820,00, Varginha/MG teve alta de 0,58%, negociado por R$ 865,00 e Campos Gerais/MG encerrou com valorização de 1,77%, negociado por R$ 861,00. Patrocínio/MG encerrou com estabilidade valendo R$ 840,00, Araguarí/MG por R$ 850,00 e Franca/SP por R$ 845,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,55% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 913,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 1,18%, valendo R$ 860,00, Varginha/MG teve alta de 0,55%, negociado por R$ 915,00 e Campos Gerais/MG registrou alta de 1,66%, valendo R$ 921,00. Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 870,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário