Café: Previsão de novas chuvas no parque cafeeiro pressionam os preços em Londres e Nova York

Publicado em 08/06/2021 13:32

LOGO nalogo

O mercado futuro do café arábica opera baixas para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). "Os preços do café esta manhã estão mais fracos devido às perspectivas de chuva nas áreas de cafeicultura do Brasil", destaca a publicação do site internacional Barchart. 

Por volta das 13h30 (horário de Brasília), julho/21 tinha queda de 230 pontos, valendo 157,85 cents/lbp, setembro/21 tinha baixa de 210 pontos, negociado por 160,10 cents/lbp, dezembro/21 tinha queda de 195 pontos, valendo 163 cents/lbp e março/22 registrava queda de 200 pontos, valendo 165,50 cents/lbp. 

Em Londres, após iniciar o pregão com valorização, o café tipo conilon também opera com desvalorização. Julho/21 tinha queda de US$ 25 por tonelada, valendo US$ 1600, setembro/21 tinha queda de US$ 27 por tonelada, valendo US$ 1625, novembro/21 registrava queda de US$ 28 por tonelada, valendo US$ 1643 e janeiro/22 tinha baixa de US$ 35 por tonelada, valendo US$ 1651.

Ainda de acordo com a análise, a Somar Meteorologia previa nesta segunda-feira até 20 mm (0,8 polegadas) de chuva para as áreas cafeeiras de Minas Gerais até esta quarta-feira. "A Somar Meteorologia informou na segunda-feira que as chuvas em Minas Gerais, a maior região de cultivo de arábica do Brasil, foram de 7,9 mm na semana passada, ou apenas 39% da média histórica", acrescenta. 

De acordo com o analista Fernando Maximiliano, da StoneX, do lado dos fundamentos o cenário segue sendo de preços firmes para o Brasil, principalmente pela quebra de safra do Brasil e pelos problemas na Colômbia - que já deixou de entregar, pelo menos, 800 mil sacas de café ao mercado global.  

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário