Publicidade

Arábica cai mais de 4% em NY; volatilidade já era esperada, apesar do frio no BR

Publicado em 29/07/2021 12:48 e atualizado em 29/07/2021 14:10 511 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica cai mais de 4% nas principais referências na Bolsa de Nova York (ICE Future US). A volatilidade climática já era esperada por analistas no Brasil, apesar do setor estar apreensivo com a entrada de uma nova frente fria no parque cafeeiro. 

Por volta das 12h37 (horário de Brasília), setembro/21 tinha queda de 880 pontos, negociado por 191,65 cents/lbp, dezembro/21 tinha baixa de 885 pontos, cotado a 194,50 cents/lbp, março/22 tinha baixa de 910 pontos, valendo 196,30 cents/lbp e maio/22 tinha queda de 920 pontos, valendo 197,40 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também opera com desvalorização. Setembro/21 tinha queda de US$ 57 por tonelada, valendo US$ 1875, novembro/21 tinha queda de US$ 55 por tonelada, cotado por US$ 1888, janeiro/22 tinha queda de US$ 55 por tonelada, valendo US$ 1872 e maio/22 tinha baixa de US$ 51 por tonelada, valendo US$ 1868.

Publicidade

Para os próximos dias, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mantém o estado de alerta laranja para boa parte de país. A onda de frio deve continuar derrubando as temperaturas e podendo favorecer geadas em áreas do setor produtivo.

"Risco à saúde. Temperatura 5ºC abaixo da média por período de 03 até 05 dias", afirma a publicação oficial do Inmet, válida em toda a região sul do Brasil, Mato Grosso do Sul, São Paulo, áreas de Minas Gerais e centro-sul de Goiás.  

Tags:
Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário