Publicidade

Em manhã gelada para o café no Brasil, Nova York recua mais de 4% no arábica

Publicado em 30/07/2021 08:22 e atualizado em 30/07/2021 09:28 1365 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta sexta-feira (30) com desvalorização de 4,48% na Bolsa de Nova York (ICE Future US) e negociado abaixo de 190 cents/lbp. 

Por volta das 08h19 (horário de Brasília), setembro/21 tinha queda de 860 pontos, valendo 187,90 centts/lbp, dezembro/21 tinha baixa de 840 pontos, cotado a 190,90 cents/lbp, março/22 tinha baixa de 845 pontos, valendo 192,95 cents/lbp e maio/22 tinha queda de 820 pontos, valendo 193,90 cents/lbp. 

Publicidade

No Brasil, o dia amanheceu gelada e produtores relatam novos episódios de geadas no parque cafeeiro. De acordo com as primeiras informações, o frio - conforme indicavam as previsões, subiu para áreas que antes não tinham sido atingidas na geada do dia 20 de julho. Especialistas afirmam ainda que os relatos começam a chegar e que para entender a gravidade do evento climático, é preciso aguardar o decorrer do dia. 

"O mercado é fortemente comprador para arábica e conilon, mas nas bases de preços oferecidas no mercado físico são poucos os cafeicultores dispostos a vender", afirmou a análise do Escritório Carvalhaes. Os fundamentos, de acordo com a análise, continuam sólidos para os preços, apesar da correção dos preços dos últimos dias em Nova York. 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário