Queda do petróleo e alta do dólar pressionam e café volta a cair nesta 6ª

Publicado em 17/09/2021 12:03 356 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

Após abrir as negociações com poucas variações, o mercado futuro do café arábica passou a operar com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). No início da tarde, a principal referência recuava mais de 1%. 

Às 11h52 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha queda de 240 pontos, valendo 185,75 cents/lbp, março/22 tinha baixa de 250 pontos, valendo 188,40 cents/lbp, maio/22 tinha baixa de 255 pontos, valendo 189,55 cents/lbp e julho/22 tinha queda de 250 pontos, negociado por 19030 cents/lbp. 

Pesando sobre os preços do café e também neste horário, o petróleo recuava -1.38%, ajudando a pressionar as demais commodities. O dólar registrava valorização de 1,18% e era negociado por R$ 5,33 na venda.

"Investidores repercutindo o aumento do imposto sobre operações financeiras IOF e seu impacto fiscal à medida que aguardavam as reuniões de política monetária do Federal Reserve e do Banco Central do Brasil da semana que vem", destacou a agência de Notícias Reuters. 

Na Bolsa de Londres, o café conilon segue operando com altas e o mercado segue acompanhando as condições do Vietnã. Novembro/21 tinha alta de US$ 18 por tonelada, valendo US$ 2125, janeiro/22 tinha alta de US$ 14 por tonelada, valendo US$ 2104, março/22 subia US$ 5 por tonelada, valendo US4 2042 e maio/22 tinha alta de US$ 3 por tonelada, valendo US$ 2017.

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário