Números da Conab seguem dando suporte e café arábica encerra com valorização

Publicado em 22/09/2021 17:02 516 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta quarta-feira (22) com valorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US).

Dezembro/21 teve alta de 150 pontos, negociado por 184,85 cents/lbp, março/22 teve alta de 150 pontos, cotado a 187,65 cents/lbp, maio/22 registrou valorização de 155 pontos, negociado por 188,85 cents/lbp e julho/22 teve alta de 150 pontos, valendo 189,60 cents/lbp. 

De acordo com análise do site internacional do Barchart, os números da Conab continuam dando suporte aos preços. " Os preços do café arábica subiram na quarta-feira depois que a Conab cortou na terça-feira sua estimativa de produção de café arábica Brasil 2021", destacou a publicação. 

O número apresentado pela Conab representa uma diminuição de 25,7% em relação ao resultado da safra de 2020. A área em produção, por sua vez, é atualmente estimada em 1,8 milhão de hectares, 4,4% menor que a safra anterior.

Já na Bolsa de Londres, o café tipo conilon teve um dia de baixa. "Um um fator de baixa para o robusta, no entanto, a Conab elevou sua estimativa de produção de café robusta Brasil 2021 em + 4,5%, para um recorde de 16,1 milhões de sacas, ante uma previsão anterior de 15,4 milhões de sacas", destacou a análise. 

Novembro/21 recuou US$ 18 por tonelada, valendo US$ 2142, janeiro/22 teve alta de US$ 12 por tonelada, cotado a US$ 2110, março/22 tinha baixa de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 2053 e maio/22 teve queda de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 2027.

No Brasil, o mercado interno também registrou valorização em boa parte das praças de comercialização. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,47% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.077,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 0,95%, valendo R$ 1.060,00, Araguarí/MG teve alta de 0,93%, valendo R$ 1.090,00, Varginha/MG teve alta de 1,40%, valendo R$ 1.090,00 e Franca/SP teve valorização de 0,91%, cotado a R$ 1.110,00.

O tipo cereja descascado teve alta de 0,44% em Guaxupé/MG, valendo R$ 1.146,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 0,84%, cotado a R$ 1.200,00, Varginha/MG teve alta de 1,35%, valendo R$ 1.130,00 e Patrocínio/MG manteve a estabilidade por R$ 1.135,00.

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário