Café: Arábica segue operando com desvalorização em Nova York; Londres também recua

Publicado em 13/10/2021 11:56
No início da tarde, o principal contrato registrava recuo de 2,25%

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica segue operando com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Após atingir as máximas em três meses, o café arábica recuava 2,25% no início da tarde desta quarta-feira (13).

Apesar do recuo, as preocupações com a oferta global de café seguem no radar do mercado. Além do Brasil, a Colômbia - segundo maior produtor de café tipo arábica do mundo também enfrenta problemas na entrega de café.  + Café fecha nas máximas em 3 meses e meio na Bolsa de NY com preocupações sobre a oferta

Por volta das 11h52 (horário de Brasília), dezembro/21 tinha queda de 430 pontos, valendo 208,90 cents/lbp, março/22 tinha baixa de 420 pontos, cotado a 211,85 cents/lbp, maio/22 tinha baixa de 410 pontos, valendo 212,80 cents/lbp e julho/22 recuava 405 pontos, valendo 213,30 cents/lbp.

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon depois de iniciar o pregão com ajustes técnicos, também passou a operar com desvalorização. Novembro/21 tinha queda de US$ 16 por tonelada, valendo US$ 2128, janeiro/22 tinha baixa de US$ 13 por tonelada, cotado a US$ 2138, março/22 tinha baixa de US$ 9 por tonelada, valendo US$ 2088 e maio/22 registrava baixa de US$ 7 por tonelada, negociado por US$ 2066.
 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário