Após avanço na última semana, arábica e conilon abrem 2ª feira com baixas

Publicado em 10/01/2022 09:20 1245 exibições
Março/22 com queda de 110 pontos, negociado por 237,35 cents/lb 

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica abriu a semana com desvalorização técnica para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O movimento de correção nos preços já era esperado por analistas depois de uma semana com avanço de 6% para os preços no mercado futuro. 

Leia mais:

+ Chuva volumosa atinge arábica na Zona da Mata e causa deslizamento das lavouras; sinal ainda é de alerta vermelho em MG

Por volta das 09h14 (horário de Brasília), março/22 tinha queda de 110 pontos, negociado por 237,35 cents/lbp, maio/ tinha baixa de  100 pontos, negociado por 237,30 cents/lbp, julho/22 recuava 105 pontos, valendo 236,85 cents/lbp e setembro/22 tinha queda de 115 pontos, valendo 236,30 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também recua nesta manhã. Março/ tinha queda de US$ 42 por tonelada, valendo US$ 2274, maio/22 tinha baixa de uS$ 39 por tonelada, cotado por US$ 2227, julho/22 tinha baixa de US$ 42 por tonelada, valendo US$ 2211 e setembro/22 recuava US$ 42 por tonelada, valendo US$ 2206.  

No Brasil, apesar do retorno da chuvas, analistas continuam projetando cenário de preços firmes no longo prazo apoiados nas condições das lavouras para a safra 22. Ainda não é possível quantificar o tamanho da baixa, mas como além do Brasil outras origens produtoras enfrentam impasses climáticos e o consumo segue tendência de alta, o setor acredita em preços firmes. A volatilidade no mercado, no entanto, não está descartada pelos especialistas. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário