Café retoma negociações com valorização na Bolsa Nova York

Publicado em 18/01/2022 08:47 1174 exibições
Londres tem ajustes técnicos após queda na última sessão

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica retomou as negociações com valorização para os principais contratos no pregão desta terça-feira (18) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Por volta das 08h42 (horário de Brasília), março/22 tinha alta de 145 pontos, negociado por 241,10 cents/lbp, maio/22 tinha valorização de 140 pontos, negociado por 240,95 cents/lbp, julho/22 tinha alta de 110 pontos, valendo 239,75 cents/lbp e setembro/22 tinha alta de 130 pontos, valendo 238,90 cents/lbp.

Os contratos voltam a subir um dia após a divulgação dos embarques do Brasil feita pelo Conselho de Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), que indicou Brasil exportou 40,372 milhões de sacas de 60 kg de café em 2021, obtendo US$ 6,242 bilhões. O desempenho representa queda de 9,7% em volume, mas evolução de 10,3% em receita cambial frente aos números registrados nos 12 meses de 2020. 

No Brasil, analistas continua mandando a projeção de preços firmes para o café no médio prazo. As preocupações com a oferta global do grão também são uma realidade para outras origens produtoras, o que dá suporte aos preços na Bolsa de Nova York. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon operava com ajustes técnicos após recuo no pregão anterior. Março/22 tinha alta de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 2222, maio/22 tinha alta de US$ 6 por tonelada, negociado por US$ 2189, julho/22 tinha alta de US$ 4 por tonelada, valendo US$ 2178 e setembro/22 tinha queda de US$ 12 por tonelada, valendo US$ 2161. 

MERCADO INTERNO - ÚLTIMA SESSÃO

O tipo 6 bebida dura bica corrida manteve a negocição por R$ 1.490,00 em Guaxupé/MG, Poços de Caldas/MG manteve por R$ 1.490,00, Patrocínio/MG por R$ 1.515,00, Araguarí/MG manteve por R$ 1.500,00, Varginha/MG por R$ 1.490,00 e Franca/SP por R$ 1.530,00. 

O tipo cereja descascado registrou alta apenas em Varginha/MG, com valorização de 1,28% e negociado por R$ 1.580,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 1.580,00, Poços de Caldas/MG por R$ 1.570,00, Patrocínio/MG por R$ 1.565,00 e Campos Gerais/MG por R$ 1.568,00. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário