Café: Confirmando volatilidade esperada, arábica e conilon recuam na manhã desta 6ª feira

Publicado em 21/01/2022 08:45 1126 exibições
Arábica registrava mais de 1% de baixa no início do pregão

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta sexta-feira (21) com desvalorização para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). Por volta das 08h39 (horário de Brasília), o café recuava 1,44%. 

O mercado de café volta a operar com variações mais expressivas após um dia de tranquilidade no pregão anterior. Analistas no Brasil continuam mantendo a previsão de preços firmes no médio prazo para o café, mas não descartam dias de bastante volatilidade para os preços. Os problemas climáticos enfrentados nos principais países produtores de café, assim como os problemas logísticos continuam dando suporte aos preços. 

Março/22 tinha queda de 355 pontos, negociado por 240,20 cents/lbp, maio/22 tinha queda de 350 pontos, valendo 240,25 cents/lbp, julho/22 tinha queda de 345 pontos, negociado por 239,30 cents/lbp e setembro/22 tinha baixa de 335 pontos, valendo 238,25 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon também abriu com desvalorização. Março/22 tinha queda de US$ 31 oir tonelada, valendo US$ 2196, maio/22 tinha baixa de US$ 25 por tonelada, cotado por US$ 2158, julho/22 tinha queda de US$ 24 por tonelada, valendo US$ 2158 e setembro/22 tinha desvalorização de US$ 27 por tonelada, valendo US$ 2152. 

MERCADO INTERNO - ÚLTIMA SESSÃO

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 0,34% em Poços de Caldas/MG, valewndo R$ 1.480,00, Araguarí/MG teve queda de 0,67%, valendo R$ 1.490,00, Varginha/MG teve baixa de 0,65%, valendo R$ 1.530,00 e Franca/SP teve desvalorização de 0,65%, negociado por R$ 1.530,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 1.530,00, Patrocínio/MG por R$ 1.535,00 e Campos Gerais/MG por R$ 1.542,00. 

O tipo cereja descascado teve queda de 0,32%, valendo R$ 1.560,00 e Varginha/MG teve baixa de 0,62%, negociado por R$ 1.610,00. Guaxupé/MG manteve a estabilidade por R$ 1.620,00, Patrocínio/MG manteve por R$ 1.585,00 e Campos Gerais/MG por R$ 1.602,00. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário