Café recupera parte das baixas e avança mais de 1% em Nova York

Publicado em 28/01/2022 12:20 262 exibições
Em Londres, conilon passa a operar com estabilidade nesta 6ª feira

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica voltou a operar com valorização para os principais contratos no pregão desta sexta-feira (28) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado se recupera das baixas das duas últimas sessões, quando o café recuou forte sentindo a pressão do financeiro e também da expressiva valorização dos últimos meses. 

Por volta das 12h16 (horário de Brasília), março/22 tinha alta de 415 pontos, negociado por 236,20 cents/lbp, maio/22 tinha alta de 425 pontos, cotado por 236,90 cents/lbp, julho/22 tinha valorização de 415 pontos, valendo 236,10 cents/lbp e setembro/22 tinha alta de 380 pontos, valendo 234,75 cents/lbp. ?

Na Bolsa de Londres, após abrir o dia com baixas, o café tipo conilon passou a operar com valorização técnica para os principais contratos. Março/22 tinha alta de US$ 10 por tonelada, valendo US$ 2201, maio/22 tinha alta de US$ 2 por tonelada, cotado por US$ 2176, julho/22 tinha alta de US$ 5 por tonelada, valendo US$ 2164 e setembro/22 tinha alta de US$ 2 por tonelada, valendo US$ 2163. 

Também neste horário, o dólar registrava queda de 0,53% e era cotado por R$ 5,40 na venda. "- O dólar caía frente ao real nos primeiros negócios desta sexta-feira, caminhando para encerrar a semana em baixa apesar de um rali recente da divisa norte-americana no exterior", destacou a agência de notícias Reuters. O dólar em queda pode impulsionar os preços de café nas bolsas. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário