Café tem dia de tranquilidade e encerra com ajustes técnicos em NY e Londres

Publicado em 05/04/2022 16:54
Brasil acompanhou e teve leves altas no mercado físico

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica teve um dia apenas com ajustes técnicos para os principais contratos no pregão desta terça-feira (5) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Maio/22 teve alta de 70 pontos, negociado por 231,30 cents/lbp, julho/22 registrou valorização de 65 pontos, cotado por 231,25 cents/lbp, setembro/22 teve alta de 65 pontos, negociado por 230,45 cents/lbp e dezembro/22 registrou alta de 45 pontos, valendo 228,10 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon teve um dia de desvalorização técnica. Maio/22 teve baixa de US$ 15 por tonelada, valendo US$ 2117, julho/22 recuou US$ 12 por tonelada, valendo US$ 2110, setembro/22 teve queda de US$ 13 por tonelada, valendo US$ 2103 e novembro/22 teve desvalorização de US$ 16 por tonelada, cotado por US$ 2083. 

"Sinais de menor oferta global de café são de alta para os preços depois que os dados da Organização Internacional do Café (ICO) da última quinta-feira mostraram que as exportações globais de café de outubro a fevereiro caíram -0,8%", voltou a destacar a análise internacional do site Barchart. 

O mercado de café teve um dia mais tranquilo após expressivas valorizações nos últimos dias. O café se recuperou de baixas significativas e ainda tem apoio com a preocupação da oferta global do grão. Novas baixas, no entanto, não estão descartadas diante do conflito entre Rússia e Ucrânia, que além de trazer muita preocupação pela questão dos fertilizantes também traz dúvidas em relação ao consumo da bebida no Leste Europeu. 

No Brasil, o mercado físico também teve um dia marcado por leves altas nas principais praças de comercialização do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve alta de 0,80% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.260,00, Poços de Caldas/MG teve alta de 0,80%, cotado por R$ 1.260,00, Patrocínio/MG teve valorização de 0,79%, negociado por R$ 1.275,00, Araguarí/MG teve alta de 0,81%, valendo R$ 1.250,00, Varginha/MG avançou 0,80%, valendo R$ 1.265,00, Campos Gerais/MG teve alta de 0,79%, negociado por R$ 1.272,00 e Franca/SP registrou alta de 1,60%, valendo R$ 1.270,00. 

O tipo cereja descascado teve alta de 0,76% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.330,00, Poços de Caldas/MG teve valorização de 0,74%, valendo R$ 1.360,00, Patrocínio/MG teve alta de 0,76%, cotado por R$ 1.320,00, Varginha/MG avançou 0,76%, cotado por R$ 1.325,00 e Campos Gerais/MG avançou 0,76%, também negociado por R$ 1.332,00. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário