Café mantém cenário de ajustes e continua operando no negativo nesta 5ª feira

Publicado em 12/05/2022 12:14
Onda de frio segue sendo monitorada pelo setor no Brasil e operadores em Nova York

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica continua devolvendo parte dos ganhos e opera com desvalorização para os principais contratos no pregão desta quinta-feira (12) na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado segue acompanhando as previsões do frio para semana que vem, mas devolve parte da valorização registrada na véspera. O movimento de ajustes nos preços já era esperado por analista após alta tão expressiva acontecendo tão rápido. 

Por volta das 12h11 (horário de Brasília), julho/22 tinha queda de 420 pontos, negociado por 215,70 cents/lbp, setembro/22 tinha baixa de 410 pontos, cotado por 215,70 cents/lbp, dezembro/22 tinha desvalorização de 375 pontos, negociado por 215,60 cents/lbp e março/23 tinha baixa de 370 pontos, cotado por 214,85 cents/lbp. 

Em Londres, o café tipo conilon também opera com desvalorização nesta quinta. Julho/22 tinha baixa de US$ 19 por tonelada, valendo US$ 2059, setembro/22 tinha queda de US$ 16 por tonelada, negociado por US$ 2064, novembro/22 tinha desvalorização de US$ 16 por tonelada, valendo US$ 2057 e janeiro/23 tinha queda de US$ 24 por tonelada, cotado por US$ 2045. 

De acordo com o Inmet, a tendência é que o ar frio comece avançar para a região Central do país entre domingo e segunda-feira (16). Os modelos indicam declínio de até 12º graus nas temperaturas em algumas áreas da região Central, como por exemplo, no Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e sul de Goiás, sul do Mato Grosso e Minas Gerais. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário