Café abre monitorando condições do Brasil e com queda técnica em Nova York e Londres

Publicado em 13/05/2022 08:50
Analista aponta que frio assusta, mas é preciso esperar pelos próximos dias

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta sexta-feira (13) com ajustes técnicos para os preços na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado segue monitorando as condições do tempo no Brasil, já que a previsão continua indicando a entrada de uma massa de ar frio no país e que pode avançar para áreas de café na próxima semana. 

"Continua a previsão de subida de uma frente fria mais forte na próxima semana, mas aparentemente os operadores se acalmaram um pouco depois do susto inicial", destacou a última análise do Escritório Carvalhaes. A publicação destaca, no entanto, que é preciso aguardar pelos próximos dias para saber os reais riscos nas áreas cafeeiras do Brasil. 

Por volta das 08h46 (horário de Brasília), julho/22 tinha queda de 145 pontos, negociado por 213,55 cents/lbp, setembro/22 tinha desvalorização de 175 pontos, valendo 213,60 cents/lbp, dezembro/22 tinha baixa de 160 pontos, valendo 213,45 cents/lbp e março/23 tinha queda de 30 pontos, negociado por 212,70 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também operava com desvalorização. Julho/22 registrava baixa de US$ 14 por tonelada, negociado por US$ 2044, setembro/22 tinha queda de US$ 14 por tonelada, cotado por US$ 2047, novembro/22 tinha baixa de US$ 12 por tonelada, cotado por US$ 2045 e janeiro/23 tinha alta de US$ 2056. 

MERCADO INTERNO - ÚLTIMA SESSÃO 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 1,52% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.300,00, Poços de Caldas/MG teve queda de 0,76%, valendo R$ 1.300,00, Araguarí/MG teve queda de 1,54%, negociado por R$ 1.280,00, Varginha/MG teve queda de 2,27%, negociado por R$ 1.290,00 e Franca/SP teve baixa de 1,52%, valendo R$ 1.300,00. 

O tipo cereja descascado teve queda de 1,46% em Guaxupé/MG, valendo R$ 1.350,00, Poços de Caldas/MG registrou queda de 0,70%, negociado por R$ 1.410,00, Varginha/MG teve baixa de 2,88%, valendo R$ 1.350,00 e Campos Gerais/MG teve alta de 1,44%, negociado por R$ 1.370,00. 

>>> Veja mais cotações aqui

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário