Sem novidades, mas ainda monitorando o clima café tem dia de estabilidade em Nova York

Publicado em 23/05/2022 17:07

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica encerrou as negociações desta segunda-feira (23) com estabilidade nas principais referências na Bolsa de Nova York (ICE Future US). 

Julho/22 teve queda de 10 pontos, valendo 215,75 cents/lvp, setembro/22 teve baixa de 5 pontos, cotado por 215,95 cents/lbp, dezembro/22 registrou desvalorização de 5 pontos, valendo 215,70 cents/lbp e março/23 teve baixa de 5 pontos, valendo 214,95 cents/lbp. 

O café teve um dia mais tranquilo após a última semana ter sido muito agitada com a onda de frio derrubando as temperaturas nas áreas cafeeiras do Brasil. "Os preços do café fecharam na segunda-feira ligeiramente mais baixos depois que as previsões meteorológicas atualizadas eliminaram as chances de geada no Brasil na próxima semana. A Climatempo disse na segunda-feira que outra frente fria deve entrar no Brasil na próxima semana, mas deve ser mais amena, sem risco de geada", destacou a análise do site internacional Barchart. 

No Brasil, o produtor segue operando com cautela no mercado, a medida que acompanha também o avanço da colheita da safra 22. A geada da semana passada não atingiu as áreas de café, mas o frio intenso que passou pelo cafezal pode trazer algum dando à planta e as condições estão sendo monitoradas pelo setor produtivo do país. 

Na Bolsa de Londres, o café tipo conilon também teve um dia de desvalorização. Julho/22 teve baixa de US$ 15 por tonelada, valendo US$ 2041, setembro/22 teve queda de US$ 16 por tonelada, cotado por US$ 2043, novembro/22 teve queda de US$ 18 por tonelada, negociado por US$ 2037 e janeiro/23 teve baixa de US$ 19 por tonelada, valendo US$ 2031. 

No Brasil, o dia foi marcado por desvalorização nas principais praças de comercialização do país. 

O tipo 6 bebida dura bica corrida teve queda de 3,17% em Guaxupé/MG, negociado por R$ 1.220,00, Poços de Caldas/MG teve baixa de 1,60%, negociado por R$ 1.230,00, Patrocínio/MG teve queda de 0,80%, valendo R$ 1.240,00, Varginha/MG teve queda de 1,57%, valendo R$ 1.250,00, Campos Gerais/MG teve baixa de 1,59%, cotado por R$ 1.240,00 e Franca/SP teve queda de 1,61%, valendo R$ 1.220,00. 

O tipo cereja descascado teve queda de 1,89% em Guaxupé/MG, valendo R$ 1.295,00, Poços de Caldas/MG teve desvalorização de 1,47%, valendo R$ 1.340,00, Patrocínio/MG registrou baixa de 0,78%, valendo R$ 1.280,00, Varginha/MG teve queda de 1,50%, cotado por R$ 1.310,00 e Campos Gerais/MG teve baixa de 1,52%, valendo R$ 1.300,00. 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário