Café mantém valorização e abre 5ª feira rompendo nível de 230 cents/lbp em Nova York

Publicado em 30/06/2022 07:49
Negócios foram fechados nesse patamar ontem, mas mercado recuou na reta final do pregão

Logotipo Notícias Agrícolas

O mercado futuro do café arábica abriu o pregão desta quinta-feira (30) estendendo os ganhos para os principais contratos na Bolsa de Nova York (ICE Future US). O mercado do café segue reagindo a queda acentuada dos cafés certificados na ICE, que chegaram ao menos nível dos últimos 22 anos no pregão de ontem. 

Desta vez, a ICE atingiu o menor índice dos últimos 22 anos, ficando abaixo de um milhão de sacas com 925.536 mil. Mais do que um indicativo de demanda aquecida, o mercado continua reagindo à preocupação com a oferta mais restrita do Brasil que avança a passos lentos com a colheita da produção de 2022. 

Por volta das 7h46 (horário de Brasília), setembro/22 tinha alta de 225 pontos, negociado por 230,50 cents/lbp, dezembro/22 tinha valorização de 220 pontos, cotado por 227,55 cents/lbp, março/23 tinha alta de 135 pontos, cotado por 223,90 cents/lbp e maio/23 tinha alta de 185 pontos, valendo 222,75 cents/lbp. 

Na Bolsa de Londres, o conilon, após as baixas de ontem, abriu com estabilidade. Setembro/22 tinha alta de uS$ 1 por tonelada, valendo US$ 2050, novembro/22 tinha valorização de US$ 1 por tonelada, cotado por US$ 2045, janeiro/22 também tinha valorização de US$ 1 por tonelada, valendo US$ 2033 e março/23 tinha alta de US$ 6 por tonelada, valendo US$ 2030.

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário