Lavouras de café economizam 90% de água com reaproveitamento

Publicado em 01/06/2011 08:46 423 exibições
Protótipo desenvolvido pela Embrapa Café purifica a água de processamento de frutos e promove a preservação ambiental.
A Embrapa Café, em parceria com a Empresa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e o Instituto Capixaba de Pesquisa (Incaper), desenvolveu o protótipo de um sistema para limpeza e purificação de águas residuárias. O objetivo do sistema é diminuir 90% do gasto de água removendo resíduos sólidos provenientes do processamento de frutos como do café após a colheita. Além disso, a água residual do café polui o meio ambiente pela grande quantidade de sólidos, o que pode ser evitado através da utilização do protótipo.

O protótipo é constituído de caixas de decantação interligadas e peneiras estáticas. Quando os resíduos sólidos são removidos, a água é novamente conduzida para a caixa de abastecimento para reutilização no processamento de frutos ou direcionada à fertirrigação da cultura. Os resíduos sólidos retirados poderão ser utilizados na produção de adubos orgânicos

As vantagens de utilização do protótipo são seu baixo custo para instalação e manutenção, redução da poluição dos recursos hídricos e economia de noventa por cento no consumo de água.

Tags:
Fonte:
Embrapa Café

0 comentário