ABPA faz balanço do ano e projeta 2017; é preciso preservar status sanitário

Publicado em 12/12/2016 07:00
42 exibições

O ex-ministro da Agricultura e atual presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, afirmou na semana passada que 2016 foi um ano altamente complexo, com fatores que vão além da grave retração econômica enfrentada pelo país, com impactos no consumo. “Vimos um cenário difícil com a elevação dos custos de produção, frente às altas históricas do milho, resultantes da escassez e da especulação sobre o grão.”

Amanhã (13) a ABPA fará a divulgação detalhada dos destaques do ano e perspectivas para 2017 em coletiva de imprensa na capital paulista.

Turra lembrou que para 2017 há ainda certa incerteza quanto às questões cambiais, “especialmente diante das expectativas quanto à postura que Donald Trump deve adotar em relação ao comércio internacional, mas estamos confiantes que o mercado interno – nosso principal cliente – deve apresentar uma situação mais favorável que a vivida neste ano”.

“Ao mesmo tempo, estamos otimistas quanto à manutenção do preço do milho em patamares razoáveis, especialmente com a boa oferta do insumo nos silos americanos – o que deve pressionar negativamente os preços do cereal no mercado internacional”, analisou.

Leia a notícia na íntegra no site CarneTec.

Tags:
Fonte:
CarneTec

0 comentário